A SRS Advogados acaba de nomear João Santos Carvalho como Sócio, que se junta a um universo de 32 Sócios, representando mais um passo na política de crescimento da Sociedade.

No seguimento de um rigoroso processo de avaliação a Assembleia Geral de Sócios da SRS Advogados aprovou a nomeação de João Santos Carvalho como Sócio na área de prática de Bancário e Financeiro.

O João iniciou a sua carreira em 2005, na SRS Advogados (à data Simmons & Simmons Rebelo de Sousa),tendo, entre 2006 e 2007, integrado, em regime de secondment na equipa de mercado de capitais e securitizações do Banif-Banco de Investimento , Era, desde 2017, Advogado Coordenador do Departamento Financeiro.

“Esta nomeação é o resultado do reconhecimento das indiscutíveis qualidades técnicas e humanas e do mérito profissional do João e, também, a confirmação de que a SRS Advogados se renova, e que o futuro está assegurado por uma equipa forte e coesa” realça Pedro Rebelo de Sousa, Managing Partner da SRS Advogados.

Com mais de 15 anos de experiência em bancário e financeiro, mercado de capitais e regulação financeira, o João tem assessorado instituições de crédito e mutuárias em diversas matérias de direito bancário e financeiro, incluindo num extenso leque de operações de financiamento bancário, domésticas e cross-border, asset finance, project finance, financiamento imobiliário, ship finance, direct lending, non-performing loans, e em questões de regulação bancária.

Tem também assessorado diversos bancos de investimento, sociedades gestoras de fundos de investimento, intermediários financeiros e emitentes em operações de mercados de capitais e na prestação de serviços financeiros, incluindo diversas operações de emissão de dívida e securitizações e questões de natureza regulatória.

Mais recentemente, tem assessorado incumbentes, fintechs e operadores de criptoactivos em temas regulatórios relacionados com banca digital, a prestação de serviços de pagamentos, concessão de crédito e criptoactivos.

É Mestre em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa, Licenciado em Direito pela mesma Faculdade e pós-graduado em Direito dos Valores Mobiliários pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. É, entre outras publicações, autor do livro ”A (Hipotética) Remuneração do Mutuário. Efeitos das Taxas de Juro de Referência Negativas em Contratos de Crédito Bancário.”, Almedina, Janeiro de 2018.

 

 

 

 

 

Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.